Arquivo da tag: Pumpkins United

Em tempos de nostalgia, Helloween se reúne com Kiske

 

Em um momento de música consumida em plataformas digitais, o CD perdendo vendas, o vinil aumentando vendas (quem diria!), agora chegou a vez de as bandas se reunirem, em boa parte dos casos não exatamente por amizade, mas pensando nos fãs e, mais ainda, o preço que os fãs estão dispostos a pagar para ver o que têm saudade ou nem viram ao vivo em alguns casos.

Aqui no Brasil está aí para provar o Guns N’ Roses em turnê com Axl Rose, Slash e Duff McKagan juntos (em Buenos Aires até o Steven Adler subiu ao palco). E daqui pouco menos de um ano estará reunida em São Paulo uma formação clássica do Helloween, uma das grandes notícias do ano musical.

O anúncio da nova turnê foi feito pelo vídeo apresentado abaixo, postado no site oficial e nas mídias sociais da banda alemã. Será a Pumpkins United World Tour 2017/2018.

Depois de 24 anos, Michael Kiske se juntará à banda que o consagrou e que ajudou a atingir o ápice com os excelentes álbuns Keeper of the Seven Keys Part I & Part II, trazendo junto Kai Hansen, voz original da banda e guitarrista até a saída após os “Guardadores das Sete Chaves”.

Os demais integrantes nesta tour serão o guitarrista Michael Weikath e o baixista Markus Grosskopf, digamos, os “donos” do Helloween, únicos integrantes que estão desde a primeira formação, além dos atuais membros: o vocalista Andy Deris, substituto de Kiske desde 1994, o guitarrista Sascha Gerstner, que assumiu a posição após a saída de Roland Grapow em 2002 e o baterista Daniel Loble, que está na banda desde 2005, lembrando que o batera original da banda, Ingo Schwichtenberg, cometeu suicídio em 1995.

A notícia estava sendo especulada há algumas semanas, mas o autor deste blog sempre teve um pé atrás em se tratando de Kiske e Helloween, já que foram anos de declarações e demonstrações de que o vocalista não estava muito disposto a se reunir aos antigos companheiros. Kiske e Hansen já estavam tocando juntos desde 2011 no Unisonic, além de participações especiais em turnês do Gamma Ray.

Em meio a tantas reuniões de outras bandas, os fãs já aguardavam ansiosamente há alguns anos. O Helloween precisava, os últimos discos decepcionaram bastante na qualidade Enfim, a banda estava chata e precisava de um atrativo para chamar novamente a atenção dos fãs.

helloween-br-2017Kiske durante um bom tempo ficou sumido. Depois era arroz de festa como convidado de projetos especiais, como o Avantasia. Colocou em prática alguns bons, outros bem esquisitos. A situação começou a melhorar no final dos anos 2000, quando voltou a pegar gosto pelo Rock e foi aumentando a dose de potência até o Unisonic (2012), a coisa mais próxima do Helloween que o cantor de 48 anos fez desde 1993, com dois bons discos.

Kai Hansen já havia se aproximado do Helloween algumas vezes, inclusive com o Gamma Ray fazendo turnê em conjunto com sua banda de origem em 2007/2008, a Hellish Rock Tour.

O interessante da nova turnê é que a banda vai para o palco com três guitarras com Sascha Gerstner, assim como o Iron Maiden fez mantendo Janick Gers na época do retorno de Adrian Smith com Bruce Dickinson. E a volta de Kiske não significa a saída de Deris, ou seja, haja palco para todo mundo.

O público paulistano, que já recebeu a gravação de um DVD da banda, será novamente agraciado, pois o primeiro show confirmado da nova tour já está marcado para o Espaço das Américas, na Barra Funda, em São Paulo, no dia 28 de outubro, com venda de ingressos a partir desta quarta-feira, dia 16 de novembro.

Para quem tem passado por uma maratona de reuniões em 2016, com shows do Guns N’ Roses e da última turnê do Black Sabbath, nada mal ter garantida para o próximo ano mais uma grande banda apresentando uma formação clássica.

A reunião é boa para Michael Kiske e Kai Hansen, é ótima para o Helloween e alguém belisque os fãs da banda para que eles acreditem. Vai acontecer mesmo!