Arquivo da tag: asa de águia

grupo de axé

System of a Down no axé? Guns N’ Roses no pagode?

Com o avanço da internet e o acesso cada vez mais fácil ao trabalho de edição em vídeos e áudio, muitas são as brincadeiras bobinhas na internet utilizando um vídeo de algum show ou videoclipe de uma banda sendo “dublada” por outra de estilo musical bem diferente.

Esse famoso “mashup” já foi utilizado com várias somas de músicas. Justin Bieber tocando com o Slipknot, Bob Marley com Iron Maiden, Green Day com Oasis e temos muitos outros exemplos bem ou mal sucedidos.

Mas depois de alguns grupos de Axé e Forró “tomarem para si” algumas músicas de Rock e Heavy Metal com belas versões em português, agora chegou a vez de os roqueiros “cantarem” Axé, Pagode, Sertanejo Universitário e demais gêneros.

Nos últimos dias encontrei a melhor de todas graças ao jornalista e amigo Ricardo Zanei (com menção honrosa a Thales Calipo, outro ex-parceiro de UOL que teria descoberto a pérola).  Os gênios de um tal perfil golpebaixovideos no Youtube trataram de editar o System Of A Down apresentando a “Dança do Vampiro”, do grupo de axé Asa de Águia.

Não tenho muito o que descrever sobre como casam bem a imagem e o áudio. Algum perdido certamente acreditaria que se tratava de uma banda tocando Axé em pleno Rock in Rio… oh wait! Preste atenção em Durval, digo, Serj Tankian e sua turma!

Agora, e o que falar de Axl Rose e seus garotos? O ex-galã das menininhas dos anos 80 envelheceu, engordou, ganhou um visual meio esquisito e mudou completamente o Guns N’ Roses desde a formação até o estilo musical, adotando elementos eletrônicos. Mas o que você diria se ouvisse este senhor cantando um pagode? E se seus passos fossem de um exímio pagodeiro de segunda? Então confira abaixo e diga o que quiser!

Não, o pessoal não deve ter mesmo o que fazer!

Qual a semelhança entre Asa de Águia e Pink Floyd?

Uma das maiores bandas de todos os tempos, o Pink Floyd está inativo há 15 anos (com uma pequena apresentação no Live 8, em 2005), mas os frutos deixados pelo grupo inglês que mudou o rock nos anos 70 e 80 inspiraram vários músicos, entre eles Durval Lélys, líder do grupo de axé Asa de Águia.

Para os roqueiros de plantão que já preparam os xingamentos ao blogueiro que vos escreve, recomendo que conheçam a origem do Asa de Águia, que surgiu na Bahia no final dos anos 80 como um grupo de rock, mas se curvou ao axé para alcançar o sucesso que justifica a mudança.

Durval Lélys é fã de rock desde a adolescência, tem como seu maior ídolo o guitarrista David Gilmour, do Pink Floyd, e mesmo tendo um público completamente diferente do que costuma ouvir a banda britânica procura colocar em prática alguns de seus gostos.

Não sou fã do Asa de Águia, nem de axé, mas considero Durval como uma das grandes figuras da música brasileira. Quem mais teria a coragem de tocar uma música do Pink Floyd em um bloco de carnaval? O Asa de Águia fez uma versão abrasileirada para “Comfortably Numb” e a impressão não foi ruim. A versão é bem fiel musicalmente à original, o que comprova a qualidade dos músicos.

Outra curiosidade é o gosto de Durval Lélys por motos e um momento de seu show que é bem conhecido pelos fãs do Judas Priest. Sim, é verdade. Assim como Rob Halford, o líder do Asa de Águia adentra aos shows sobre uma Harley Davidson. Os roqueiros podem não gostar dos batuques, mas as atitudes deste grupo de axé fazem ele ser muito mais roqueiro do que muito grupo que se diz representante do gênero Rock por aí…