Até o último dia

Um grande pedaço do Rock se foi nesta segunda-feira. Perdemos Lemmy Kilmister, o líder do Motorhead, uma verdadeira lenda da música mundial. Quando pensamos que o ano de 2015 já havia sido implacável, ele nos deu mais um duro golpe.

Há quatro dias, Lemmy chegou aos 70 anos já bastante debilitado. Nos últimos anos lutou contra os problemas de saúde e nos últimos dias descobriu um câncer agressivo. As dores o fizeram deixar o palco sem conseguir finalizar o setlist durante o ano. Há pouco mais de um mês, quem partiu foi o baterista Phil “Animal” Taylor. E agora chegou aquela notícia que surpreende mas nem tanto. Um dia triste.

Não é preciso escrever muito sobre a história construída por Lemmy, assim como sua forte personalidade. Que ele foi roadie de Jimmy Hendrix, que criou uma das maiores bandas da história, que foi um ícone do baixo… Se você que está lendo este texto não sabe quem foi Ian Fraser “Lemmy” Kilmister, esqueça. Vá estudar, saia um pouquinho do Facebook, do Twitter, do celular e deste mundo fútil que o cerca. A história do rock se confunde com a de Lemmy.

Mas independentemente da história que criou, o legado que deixou ao Rock, Lemmy praticamente cumpriu o seu desejo de morrer na atividade. Seu último show com o Motorhead foi no dia 11 de dezembro, em Berlim, na Alemanha. E lá estavam clássicos como “Ace of Spades”, “Orgasmatron”, “Overkill”… Era a turnê de comemoração dos 40 anos da banda, que fechou seu ciclo em estúdio lançando este ano o álbum “Bad Magic”, com a ótima “Victory or Die” abrindo e o cover de “Sympathy for The Devil” encerrando o disco.

Do início ao fim da carreira, o Motorhead jamais se privou de pesar a mão em seus discos e não seria diferente nos últimos lançamentos, com Aftershock (2013) e Bad Magic (2015). Mas vem de “The World is Yours” a última música que me marcou na voz de Lemmy: “Rock And Roll Music”.

Os versos “Rock N Roll Music is the true religion/Never let you down you can dance to the rhythm/(…) Rock N Roll even gonna set you free/Make the lame walk and the blind to see/ Gonna take you back to to where you wanna be/Do it till the day I die”.

Lemmy ajudou a espalhar sua religião até o dia em que morreu e isto é o suficiente para que seja respeitado eternamente.

Obrigado por tudo, Lemmy.

Descanse em Paz!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.