Vira-casaca inspirou nova música do CPM 22?

Como vimos no post anterior, a saída do guitarrista e compositor Wally do CPM 22 causou mudanças drásticas em sua carreira, mas não foi apenas ele que mudou.

Um tanto quanto perdido devido aos problemas internos e com a gravadora, a banda CPM 22 só voltou a lançar um álbum de inéditas sem Wally neste ano e apostou em um estilo musical bem diferente, usando metais e apresentando um ska que nunca teve nada a ver com o grupo. Ruim? Não. Mas o que me pareceu foi uma banda ainda sem saber para onde ir.

Para o álbum “Depois de um Longo Inverno” (2011), nenhum outro guitarrista foi recrutado e Luciano passou a ser o principal do instrumento na banda. E o próprio ex-parceiro de Wally foi responsável pela autoria de uma composição que me soou como uma vingança contra o agora “cavaleiro metal”.

Sim, o título da música é “Cavaleiro Metal” e poderia ter uma interpretação bem diferente, remetendo aos metais usados pela banda, mas não é bem isso o que é passado. Quem prestar atenção à letra vai perceber claramente que a revolta contra o personagem da música é direcionada a uma pessoa.

Para quem percebeu que Wally agora toca heavy metal pesado e que largou o CPM 22 em um dos momentos mais complicados da banda, fica difícil não “captar a mensagem”, como diria o mestre Rolando Lero.

7 comentários em “Vira-casaca inspirou nova música do CPM 22?”

  1. Se você conhecesse de verdade o CPM 22 veria que apesar de incluir instrumentos novos no CD, as músicas são no mesmo estilo dos primeiros CDs da banda. muito mais voltado para as raizes do CPM 22 do que Cidade Cinza, por exemplo.

    1. Acopanho a banda desde sua formação e o som apesar de diferente está mais maduro e com a mesma pegada de sempre.
      Já sobre a letra da música, não ataca o Wally como todos estão dizendo, os caras ainda se falam e se relacionam bem,
      e o fato de não terem chamado nenhum outro guitarrista é um respeito ao cara, mostrando que o lugar dele sempre estará lá.
      Pra quem conhece o meio, sabe que esta letra é voltada para o Bonadio e o Anhaia.

  2. Os dois últimos discos da banda se assemelham aos primeiros. Não seria necessário acompanhar a banda desde o início para tomar conhecimento disso, bastava ouvi-los online. Sim, essa música está criando muita polêmica pelo simples motivo de que todos querem saber para quem ela foi escrita, mas de fato isso não é da conta de ninguém. Mal de jornalista tornar teorias em verdades invictas D:

    1. A diferença é que você ficou sentida como fã da banda. O blog faz uma análise e isso não quer dizer que estou dizendo se tratar de uma verdade absoluta. É a minha visão e qualquer um pode concordar ou discordar.

  3. eu curto cpm desde 2002 tive a honra de ouvir o “Alguns km de lugar nenhum” que meu amigo comprou no hangar no mesmo ano, sou um fã assumido, cresci ouvindo esses caras, a saida do wally foi uma coisa extremamente triste, assim como saida do portoga, acho que em 2006 nao lembro, enfim acredito que essa musica é pro wally mesmo, eu tive a infelicidade de conhecer esse cara e ele caga pros fãs e pra banda, pela reacao dos produtores e todos envolvidos em alguns encontros ficou bem claro que ele nao gostava de quase ngm, apenas dos seus roodies e amigos mais proximos, ele sempre pareceu odiar aquilo tudo, acho que ele queria algo mais metal mesmo, tanto que essa banda nova que inclusive eu gostei bastante eh pesada pra cacete! e o mais ironico nessa merda toda, eh que a letra ficou mtu fraca, faltou o wally pra dar aquela maquiada basica! o resto da banda soh sabe fazer refrao, isso ta mais que claro nesse cd

    abç

  4. Concordo em parte com a visão do blog, mas logo se ve que nao conhece a historia do CPM, quando o cd novo saio e veio os comentarios, repudiei na hora, mas ao ouvir …é contagiante e bem a cara do CPM22 vale mto ter no seu playlist….abraços

  5. Dentro do hardcore é absolutamente normal a mistura de estilos, pode ver, quem curte hardcore acaba ouvindo as mesmas coisas e os mesmos estilos, ska está para o hardcore como o hardcore está para o punk rock…. Eles não apostaram, só entraram numa vibe diferente dentro daquilo que sempre os influenciou…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.